• Parceiros oficiais:
  • Efcni
  • March of Dimes
Arraste para navegar

Um Polvo de Amor: saiba tudo sobre essa iniciativa

18/03/2017 Fonte: http://mynomadhome.com/

INFORMAÇÃO IMPORTANTE:

De acordo com a nota técnica do Ministério da Saúde divulgada em 25/04/2017, os polvos de crochê podem ser utilizados de forma lúdica para os bebês prematuros internados. Leia tudo sobre o parecer do MS aqui.

 

Abaixo o post original publicado em 18/03/2017:

A iniciativa dos polvos de crochê para bebês prematuros é sucesso absoluto! Recebemos muitos emails de hospitais querendo implementar o seu uso e ainda mais mensagens de pessoas querendo confeccionar os polvos para doação. Por isso, resolvemos fazer um resumo de tudo que você precisa saber sobre o assunto:


Como tudo começou?

O movimento começou em 2013 na Dinamarca. Um grupo de voluntários decidiu fazer polvos de crochê para bebês prematuros em um projeto chamado Spruttengruppen (The Danish Octo Project). Eles são os "pais" da ideia (site: spruttegruppen.dk / fanpage: facebook.com/spruttegruppen/).

Tendo em vista que desde então há muitos relatos de benefícios para os bebês prematuros com a utilização lúdica do polvinho, decidimos encabeçar o Movimento Um Polvo de Amor, divulgando a ideia e conectando quem quer doar com quer receber os brinquedos.

Os pioneiros do projeto na Dinamarca deixam claro em seu site que eles não possuem "a patente" da receita dos polvinhos e que não têm como ter controle sobre a vasta produção de bichinhos que se iniciou com a finalidade de ajudar prematuros em todo o mundo. Eles recomendam que todos os polvos confeccionados sejam DOADOS e não comercializados, mas reforçam que não têm como impedir tal acontecimento.

Nós da ONG Prematuridade.com já alinhamos com os dinamarqueses o "The Octo Project" com o "Movimento Um Polvo de Amor". Estamos juntos nessa iniciativa! :-)

  

Como funciona? Quais os benefícios dos polvos para os bebês?

Os polvos de crochê são colocados dentro da incubadora, junto aos bebês prematuros. Supõe-se que os tentáculos do polvo remetam o bebê ao útero materno porque se assemelham ao cordão umbilical.

De acordo com relatos de pais e profissionais de saúde de UTIs neonatais, o uso do polvo de crochê parece acalmar os pequenos, ajudando a normalizar a respiração e os batimentos cardíacos e evitando que eles arranquem fios de monitores e tubos de alimentação.

A equipe do Octo Project da Dinamarca afirma que ainda não há estudos científicos sobre o uso dos polvinhos para os prematuros. Contudo, eles salientam que os polvos de crochê têm sido usados como brinquedos desde 2013 na Dinamarca e em alguns países da Europa sem nenhum relato de infecções ou danos à saúde dos bebês, pelo contrário: a cascata de efeitos positivos mencionados acima começa a ser observada sempre que um novo amiguinho é posicionado dentro da incubadora com o bebê.


Quero fazer polvos de crochê para DOAR!

Oba! Vamos ajudá-lo a direcionar suas doações para hospital mais próximo de você.

Mande um email pra gente no contato@prematuridade.com com o título "Um Polvo de Amor" e nos diga seu nome completo, cidade e Estado.

Como a ONG não tem estrutura para coordenar com precisão o contato entre doadores e receptores, decidimos criar 2 listas: uma de pessoas que querem doar e outra de hospitais que querem receber os polvos, separadas por Estado e cidade, para facilitar o contato entre esses dois grupos. Sugerimos que doadores e receptores troquem emails e combinem a melhor maneira das doações acontecerem.

Se na cidade onde você mora não há hospitais recebendo doações ou pessoas querendo doar polvos, vale fazer contato com a pessoa de referência da cidade mais próxima, mesmo que não seja do mesmo Estado. Doações interestaduais são possíeis e têm acontecido bstante.

Antes de colocar mãos à obra, listamos algumas recomendações importantíssimas na hora de fazer seu bichinho:

* deve ser utilizada linha de alto padrão, 100% algodão, para que resistam à lavagens em alta temperatura (não há especificação quanto à cor da linha, então pode ser de qualquer cor);

* para o enchimento, o ideal é utilizar fibra siiconada, comprada em lojas especializadas;

* os tentáculos do polvo devem ter o ponto bem fechado, para evitar que um dedinho do bebê fique preso, e não devem ultrapassar 22cm quando esticados, pois se ficarem muito compridos podem oferecer risco aos pequeninos.

O passo-a-passo oficial para fazer os polvos (em português) enviado pelos voluntários da Dinamarca você encontra aqui.

Também recebemos uma dica ótima (obrigada, Ju Pontes!) de um tutorial lindo que mostra como fazer o polvinho seguindo todas as orientações obrigatórias, que são as de segurança:

 

Fonte: THM By Dani - obrigada, Dani querida, por ceder o vídeo do seu canal :-)

Observação: as maneiras de fazer e decorar o bichinho podem variar, o importante mesmo é que o polvo seja feito TODO ELE (inclusive enfeites e olhinhos) somente em linha 100% algodão, que o enchimento seja de fibra siliconada e que os tentáculos não ultrapassem 22cm.

Outros links para você se inspirar: Para Tecer Amor, Elaine Crochê, Arlete Artes, Soraia Bogossian, Polvoando Amor

Quer aprender a fazer o polvinho Minion da foto ao lado? Clique aqui.

Se você nunca fez crochê ou está começando a se aventurar nesta arte, assista a este tutorial da querida e experiente artesã Eliane Tripiano.

Já tem um ou mais polvos prontos para doação? Então veja quem está querendo receber doações bem pertinho de você aqui na LISTA DE HOSPITAIS RECEPTORES DE POLVOS DE CROCHÊ.

Não esqueça de dizer pra gente quantos polvos você doou e para qual hospital! Vamos encaminhar para o pessoal do Octo Project da Dinamarca para que contabilizem as doações feitas no Brasil em seu site. Já passam de 22 mil polvinhos doados (e prematuros felizes) desde 2013.


O hospital onde trabalho quer RECEBER os polvos!

Para implementar o uso dos polvos de crochê é necessário que haja um consenso entre os serviços de neonatologia e de controle de infecção do hospital. Você já tem esse ok? Ótimo, então vamos ajudá-lo a encontrar doadores perto de você. Mande um email para gente no contato@prematuridade.com com o título "Um Polvo de Amor" e nos diga seu nome completo, cargo/atividade, nome da instituição, cidade e Estado. Vamos incluí-los em uma lista de receptores das doações.

Importante: para que possam ser comprovados os benefícios da intervenção, sugerimos que todo processo seja devidamente documentado. Não deixem de nos enviar os resultados da intervenção em sua unidade, queremos divulgar!

Lembramos que a rotina de esterilização/higienização dos polvos acontecerá de acordo com as regras de cada instituição.

Acesse a LISTA DE DOADORES DE POLVOS DE CROCHÊ  na sua região.

 

Sobre a higienização dos polvinhos:

Cada hospital possui suas próprias rotinas de desinfecção dos objetos que entram em contato com o prematuro.

Entretanto, o que nós constatamos que está sendo feito de maneira segura na maioria dos hospitais é o seguinte:

Antes do colocar o bichinho em contato com o prematuro ele é esterilizado em autoclave. Caso essa esteriiização não seja possível, recomenda-se que os pais lavem o polvinho em casa, conforme descrição de lavagem descrita a seguir.

Após serem colocados junto aos bebês: recomenda-se que os pais levem o polvo para casa para lavar a cada 5 dias em média, ou antes se estiver sujo (contato com urina, vômito ou alguma secreção). Recomenda-se lavar à 60oC e secar na própria máquina de lavar quando possível. Pode ser lavado junto com as outras peças de roupa do bebê que são utilizadas na UTI, como meias e luvinhas. Se a máquina de lavar possuir função de roupa de bebê ou esterilização, pode ser utilizada também.

Na Dinamarca cada bebê leva seu polvinho para casa na alta do hospital. Entretanto, nao há problema algum em reutilizar os polvos de crochê (de um bebê para outro) desde que estes sejam devidamente esterilizados.

 

Observações importantes

* Vale lembrar que o uso dos polvos de crochê é algo lúdico, ou seja, ele é um brinquedinho e portanto não é considerado uma terapia ou um tratamento para o bebê prematuro.

* O uso dos polvos de crochê não diminui nem exclui a importância de práticas já consagradas como método canguru, aleitamento materno e a presença dos pais na UTI, pelo contrário, o uso dos polvos vem a somar na busca do bem estar e na recuperação da saúde de nossos pequeninos.

* Reforçamos que os polvos de crochê mencionados neste post (do Danish Octo Project e do Movimento Um Polvo de Amor) são destinados aos bebês prematuros que estão internados na UTI Neonatal e sua confecção e uso precisam seguir os padrões de segurança mencionados acima. Todavia, não temos como controlar o padrão de qualidade nem a adequação do uso dos polvos espalhados Brasil afora. Se você receber um bichinho feito e/ou utilizado fora das recomendações, entre em contato conosco.

* As listas de doadores e receptores dos polvos serão atualizadas à medida que formos recebendo os emails dos interessados.

* Páginas no Facebook relacionadas aos polvos de crochê foram criadas, algumas levam o nome "Um Polvo de Amor". Essas páginas não são da ONG Prematuridade.com, são administradas por artesãs que estão formando redes de voluntárias em suas regiões.

* Ainda não há evidências científicas dos benefícios do uso dos polvos de crochê para os bebês prematuros. O que temos até agora são relatos de experiências. Dito isso, reforçamos nosso desejo de que comecem a ser documentados os resultados desta iniciativa.

* Acreditamos que todo e qualquer movimento em prol dos prematuros e suas famílias, como este dos polvos de crochê, são louváveis desde que não comprometam a segurança dos nossos pequenos.

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato!

 

Fonte da foto do post: http://mynomadhome.com/



Tem um bebê
prematuro?

Preencha nossos cadastro e ajude
a direcionar as ações da nossa ONG

Cadastre-se