15 de Setembro de 2022

Iury “a luz de Deus"

Meu primeiro filho foi prematuro de 35 semanas, eu sempre tive vontade de ter outro filho mas o tempo foi passando, eu com 36 anos, meu filho já estava com 18 anos, estava começando a tirar da cabeça o sonho de ser mãe novamente e me preparando para ser avó.

Um belo dia comecei a sentir um cansaço, dor nas pernas e enjoo. Foi quando Deus me mandou meu maior presente, minha missão nesse mundo, eu estava grávida de três meses foi um susto, uma alegria misturada com medo. Foi uma correria com os exames pré natal, estava com a tiróide elevada, mas corria tudo bem.

De repente, em uma noite comecei a perder líquido, fui ao médico no dia seguinte, ele realizou os exames, fiz medicação na veia e retornei para casa.

No dia seguinte amanheci com dor, e no início da noite já não aguentando mais a dor fui levada novamente às pressas para o hospital. Chegando lá, a Dra que me examinou, e deu a notícia que precisaríamos ficar para tomar medicamento e observar a gestação.

Realizei exame de urina e foi identificado que havia uma infecção no útero e seria necessário realizar uma cesárea de urgência, a médica disse ainda que iria tentar salvar a minha vida porque a do bebê ela já não garantia mais.

Estávamos só eu e meu bebê no hospital, meu marido que trabalhava em outra cidade não tinha dado tempo de retornar ainda. O medo, pavor, angústia e a preocupação tomou conta de mim, pelo bebê e pelo meu outro filho que por mais que já criado ainda era um menino e estava sozinho ali correndo o risco de perder a mãe e o irmão.

Foi assim que entrei na sala de parto rezando muito e pedindo que ..." seja feita a vossa vontade"... transformando um momento lindo em um trauma constante e permanente.

Em um dado momento perguntei a uma enfermeira:
"Já nasceu?"
"Sim, já nasceu"
"Eu não ouvi o chorinho"
"Ele era muito pequenininho, muito fraquinho ainda"

E eu com dor no coração, temendo pelo pior me arrisco a perguntar:
"Ele era perfeitinho?"
"Sim ele é perfeitinho e muito lindo"

Então entendi que o meu pequeno grande guerreiro tinha resistido nessa batalha, tinha saído vencedor e tinha sobrevivido. Deixei toda a minha tensão dar vazão e chorei, finalmente consegui chorar e chorei muito.

Iury Emanuel nasceu prematuro extremo de 24 semanas com 884g e 35cm às 00:16 do dia 11 de fevereiro de 2014. Somente quando retornei ao quarto, pude encontrar meu marido que soube o real quadro do meu filho e assim iniciou a nossa luta.Ele passou por duas convulsões que gerou um coágulo na cabecinha e posteriormente causando o PC, foi entubado ainda na sala de cirurgia e conduzido às pressas para a UTI NEO onde ficou por 4 longos meses.

Iury não teve grandes intercorrências na UTI, graças a Deus, realizou algumas transfusões de sangue mas no geral progredia bem, lenta mas gradualmente. Iury não mamou no peito pois devido ao PC ele não tinha deglutição e saiu do hospital usando sonda, que foi utilizada até o seus seis meses.

Ele teve retinopatia da prematuridade, realizou duas cirurgias, uma com seis meses e outra com cinco anos, usou óculos por um ano.

Iury é uma criança especial, ele me mostrou uma outra maneira de ver a vida, por ele eu criei uma comunidade no facebook para ajudar, apoiar, orientar outras mães de Prematuros já há 5 anos que inspirado nele dei o nome de “@Mães de Prematuros - pequenos guerreiros”

Como o nome dele diz Iury “a luz de Deus”, é a luz que ilumina a minha vida, hoje está com oito anos, não anda sozinho ainda só com apoio, fala basicamente papai e mamãe mas é um menino muito alegre, esperto, inteligente, arteiro pois o PC afetou somente a parte motora. Realmente é Deus conosco a todo momento!

Responsabilidade do conteúdo por conta do autor, não reflete o posicionamento da ONG. Não nos responsabilizamos pela veracidade dos fatos.

Compartilhe esta história

Tem uma história de prematuridade para compartilhar?

Envie seu relato para gente e faça a diferença para quem precisa de palavras de força e esperança nesse momento.

envie sua história

Conheça outras histórias

Veja histórias por:

    Últimas Notícias

    Receba as novidades

    Assine nossa newsletter e fique por dentro de tudo que acontece no universo da prematuridade.