• Parceiros oficiais:
  • Efcni
  • March of Dimes
Arraste para navegar

ONG Prematuridade.com participa de iniciativa para instalação de banco de leite em Chapecó, SC

25/06/2021 Na foto, Layla Franceschetto (Lactantes Pela Vacina) Deputado Nazareno Martins (PSB), Dra. Vera Lúcia Mainardi (Pediatra e neonatologista) Secretário da Saúde André Motta e Carol Listone (ONG Prematuridade.com). Foto: Dep. Nazareno Martins/Alesc

por redaçãobarrigaverde | 23/06/2021

O Secretário de Estado de Saúde de Santa Catarina, André Motta Ribeiro, confirmou a possibilidade de instalação de um Banco de Leite Humano no Hospital Regional do Oeste, em Chapecó. A iniciativa foi definida após reunião entre o Secretário e representantes dos movimentos Banco de Leite Humano e Movimento Lactantes pela Vacina nesta terça-feira (22), em Florianópolis. A demanda é discutida há mais de uma década e deve amparar recém-nascidos e crianças, sobretudo nascidos de forma prematura ou com baixo peso do município e da região Oeste.

(Na foto, Layla Franceschetto (Lactantes Pela Vacina) Deputado Nazareno Martins (PSB), Dra. Vera Lúcia Mainardi (Pediatra e neonatologista) Secretário da Saúde André Motta e Carol Listone (ONG Prematuridade.com). Foto: Dep. Nazareno Martins/Alesc)

Segundo o Secretário de Saúde, já está sendo verificada a possibilidade de alocar espaço no Hospital Regional do Oeste para a instalação do banco de leite. Motta virá a Chapecó na sexta-feira (25), ocasião em que participará dos compromissos oficiais em decorrência da visita do presidente Jair Bolsonaro ao município, e se dispôs a visitar o Hospital Regional do Oeste para debater a estrutura para a instalação. Segundo a direção do Hospital, já existe projeto pronto e aprovado, e estão em discussão as fontes de financiamento.

Também deve ser discutida a viabilização de um espaço de acolhimento para mães de crianças nascidas prematuras que precisam realizar a extração do leite e o acompanhamento dos filhos, suporte que atenderia mães de toda a região Oeste e Extremo Oeste de Santa Catarina. Uma nova reunião entre a direção do HRO e o Movimento Lactantes pela Vacina será realizada para apresentar a demanda nesta quinta-feira (24).

Essa é uma pauta antiga, discutida desde 2005, quando os primeiros leitos de UTI Neonatal foram instalados em Chapecó. Santa Catarina conta com 13 bancos de leite cadastrados na Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano, ligada à Fiocruz. Nenhum destes está situado na região Oeste do Estado. O banco de leite mais próximo fica na cidade de Curitibanos, a cerca 278km de Chapecó.

O requerimento elaborado por representantes do Movimento Lactantes Pela Vacina, entre elas lactantes, representantes de ONGs, como a Prematuridade.com, médicas, enfermeiras, e nutricionistas, foi enviado ao Secretário de Saúde e coloca que o município dispõe de três instituições de saúde: o Hospital da Criança e o Hospital Regional do Oeste (HRO), que atendem pelo Sistema Único de Saúde, e o Hospital da Unimed, que atende de forma privada. Neles, são contabilizados cerca de 50 leitos de UTI, entre internação, neonatal e berçários. Segundo o requerimento, a taxa de ocupação ultrapassa 100 internações por mês possuem período de internação variado. Dessa forma, esta seria uma demanda significativa de municípios de toda a região que seria atendida.

Os Bancos de Leite Humano foram criados com a missão de promover, proteger e apoiar o aleitamento materno. Desde 1998, fazem parte da Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano, por meio de uma iniciativa do Ministério da Saúde e da Fiocruz. Os bancos de leite passaram a coletar e a distribuir o leite humano com qualidade certificada, contribuindo para a diminuição da mortalidade infantil, além do auxílio a mulheres lactantes que se dispõem a doar ou que apresentam quadros como a hiperlactação, por exemplo.



Tem um bebê
prematuro?

Preencha nossos cadastro e ajude
a direcionar as ações da nossa ONG

Cadastre-se