• Parceiros oficiais:
  • Efcni
  • March of Dimes
Arraste para navegar

"Suíte familiar neonatal" prepara a família para alta de bebês prematuros

12/07/2011


     A UTI Neonatal no Centro Infantil Cedars Sinai Maxine Dunitz, em Los Angeles (EUA) tem sido o lar do pequeno Roman nos últimos 4 meses e meio.

     Quando ele nasceu pesava pouco mais de um quilo, mas sob o olhar atento de médicos e enfermeiras, ele se tornou mais forte e está pronto para ir para casa com a mãe.

     No entanto, ele ainda tem necessidades especiais, por isso por alguns dias, Roman está sendo transferido para uma suíte especial ao lado da UTI, onde passará alguns dias com sua mãe, Ramona Washington.

     Na "suíte familiar" especialmente equipada, Ramona passa a noite em uma cama ao lado de Roman, e cuida dele como se estivessem em casa, aprendendo como usar os equipamentos que ele precisa.




Fonte: NBCLosAngeles.com

     "A noite passada foi minha primeira noite na suíte com ele, só eu e ele sozinhos. Tive ajuda das enfermeiras quando precisei, mas era realmente eu por mim... foi interessante. Foi diferente. Eu não consegui dormir muito, mas isso já era esperado", disse Ramona.

     Charles Simmons, dieretor do setor de Pediatria do hospital Cedars Sinai, diz que a suíte familiar neonatal permite que as famílias passem por um ensaio geral de como vai ser quando forem para casa.

     "Imagine ir de um ambiente no qual enfermagem e tecnologia tem "gerenciado" a saúde de seu filho, para outro no qual toda a responsabilidade recai sobre os seus ombros."

     A enfermeira está por perto para oferecer treinamento e direcionar o cuidado. Roman é prematuro e ele tem os pulmões fracos e hipertensão pulmonar.

     "Ele está no oxigênio e recebe alimentação através de um tubo. Então eles me permitiram fazer isso na noite passada... foi minha primeira vez realmente manipulando a dieta de Roman desassistida. Foi interessante. Fico feliz em ser capaz de fazê-lo aqui e agora com apoio, e acho que vou ficar muito mais confortável uma vez que estivermos em casa ", disse Ramona.

     No momento em que eles forem para casa, ela terá aprendido como lidar com tudo que ela precisa para cuidar de Roman em casa. É um programa para todas as famílias da UTI Neonatal, para ajudar os bebês a irem para casa mais cedo.

     Agora com muita prática em seu currículo, Ramona sente que estará à altura da tarefa, quando for hora de ir para casa.

     "Eu tenho tudo e mais que eu possa precisar. Só o que está faltando é o bebê ", disse ela.



Fonte: http://www.nbclosangeles.com (11/07/11)


  • TAGS

Tem um bebê
prematuro?

Preencha nossos cadastro e ajude
a direcionar as ações da nossa ONG

Cadastre-se