• Parceiros oficiais:
  • Efcni
  • March of Dimes
Arraste para navegar

Os três primeiros anos de vida são fundamentais para prematuros

13/01/2014


Notícia publicada em 27 de outubro de 2013.

[caption id="attachment_10823" align="alignleft" width="300" caption="Reprodução/Info 7"][/caption]

O neonatologista Francisco Ibarra Hernández disse que a formação de adultos saudáveis ​​e funcionais, capazes de seguir sua vida com qualidade, é o desafio mais importante para as crianças nascidas pré-termo.

O responsável do Hospital Regional Geral, em Jalisco, no México, acrescentou que um prematuro que não recebe monitoramento adequado corre o risco de contrair várias doenças ao longo de sua vida, juntamente com o baixo desenvolvimento intelectual que vai o impedir de ser totalmente integrado a sociedade.

Ele observou que, para um bebê com estas características se tornar um adulto saudável, os primeiros três anos de vida são fundamentais, e, portanto, durante todo este período estes pacientes requerem cuidados especiais.

Ele disse que, no Hospital Regional Geral, o acompanhamento envolve a família e a equipe médica que foi responsável pelo bebê desde o nascimento.

Ele explicou que o médico especialista aconselha os pais sobre a melhor forma de cuidar do prematuro em casa, "com questões como a alimentação baseada no leite materno, que, por suas características nutricionais ajudam muito para no seu desenvolvimento".

Ele disse que é muito comum que um prematuro apresente problemas de baixo peso após o nascimento. No entanto, é preciso ter cuidado para não exceder o ganho de peso, para que ele não um adulto com problemas metabólicos, cardiovasculares e de obesidade.

Ele comentou ainda que outro tema para a capacitação dos pais é a reabilitação através de uma aprendizagem precoce, onde são ensinados exercícios simples para fazer em casa que vão ajudar na mobilidade da criança.

O médico pede aos casais que quando decidirem iniciar uma família, "que eles façam isso de forma responsável, que tomem os cuidados devidos com a saúde de mãe e filho durante a gravidez, perante um acompanhamento médico adequado".

Ele ressaltou também a importância de uma boa educação sexual para os adolescentes, uma vez que a gravidez em idades precoces tem muito mais chances de ser concluída prematuramente.

Fonte: Info 7


  • TAGS

Tem um bebê
prematuro?

Preencha nossos cadastro e ajude
a direcionar as ações da nossa ONG

Cadastre-se