• Parceiros oficiais:
  • Efcni
  • March of Dimes
Arraste para navegar

Ester, milagre de Deus

27/04/2017 estercomlogo04

"Segue o meu relato sobre a prematuridade da minha bebê.

A gravidez da Ester foi de alto risco devido eu ter trombofilia. Passei a gestação tomando todos os dias as "picadinhas de amor". Foram 275 injeções na barriga que eu mesma aplicava (tomaria mais se fosse preciso!). Antes da Ester, tive Maria Clara que nasceu de 24 semanas devido a pré-eclâmpsia, mas seu coraçãozinho não resistiu. Então, o medo me acompanhava. Eu tinha pavor em pensar que ela poderia nascer prematura e ir para a UTI neonatal.

A gestação foi bem até 28 semanas, quando minha pressão começou a alterar, dando os primeiros sinais da pré-eclâmpsia novamente. Passamos a monitorar com 3 ultras por semana, várias medicações e consultas frequentes. Com 32 semanas, meus exames alteraram e a obstetra decidiu por segurança me internar para monitorar na maternidade.

Fui internada às 20h do dia 30/03/15. As enfermeiras me acompanhavam bem de perto, sempre me monitorando e eu me sentia bem, a pressão estava boa, mas às 4h da manhã tive descolamento de placenta. Minha obstetra fez uma cesárea de emergência, foi um parto de risco mas tranquilo e, às 4:58 do dia 31/03/15 nasceu Ester Dutra, o milagre de Deus na minha vida. Nasceu bem com um choro forte, pesando 2,100kg, respirava sozinha, mas levaram para UTI para monitorar devido o meu histórico e por ser prematura.

A maternidade que eu estava não tinha UTI, então ficamos separadas. Eu podia visitá-la todos os dias por 30 minutos e saia de lá com o coração dilacerado. Era uma dor sem tamanho ver minha bebezinha tão pequenina dentro daquele bercinho. Com 6 dias, ela recebeu alta pesando 1,950kg. Chegou em casa sem saber sugar, foi preciso uma fonoaudióloga que é consultora em amamentação para nos ajudar. Fazia testes com a linguinha e logo ela aprendeu. Passou a mamar dia e noite, pegou peso e cresceu bem saudável.

Hoje tem 1 ano e 10 meses, é a maior alegria da minha vida e eu passaria por tudo de novo só pra ter meu amor maior comigo. É difícil, mas com Deus na frente o milagre acontece!"

(relato da mamãe Lidiane Dutra, enviado em 2017)



Tem um bebê
prematuro?

Preencha nossos cadastro e ajude
a direcionar as ações da nossa ONG

Cadastre-se