• Parceiros oficiais:
  • Efcni
  • March of Dimes
Arraste para navegar

Atendimento psicopedagógico ao prematuro

11/09/2013 toddler-300x200

A mamãe prematura Fabiana, autora do texto abaixo, teve trigêmeos prematuros em 2005, mas infelizmente 2 deles faleceram logo após o parto. Ela diz o seguinte "Gostaria muito de ter tido acesso as informações que constam em seu site na época da minha gravidez. Parabéns pela criação e ajuda que oferece à todas as mães de prematuros".

Abaixo,  um resumo do trabalho de conclusão de curso que a Fabiana acabou de apresentar e que foi super bem aceito!

O trabalho  fala fala sobre o nascimento de prematuros e as dificuldades de aprendizagem/desenvolvimento que eles enfrentam. Mesmo com a quantidade de pesquisas que já foram realizadas e as que  estão em andamento sobre prematuros em geral, ainda pouco de observa o respeito a individualidade de cada criança, principalmente em se tratando de prematuros.

"As escolas nem consideram esse dado quando elaboram um questionário para ser preenchido no ato da matrícula, outro exemplo que aconteceu comigo foi que eu nunca fui orientada a procurar um especialista em estimulação precoce, nunca me explicaram os reais perigos de uma gravidez de múltiplos...e por aí vai", diz Fabiana, explicando alguns dos motivos que a levaram a construir seu trabalho de conclusão abordando o tema prematuridade.

Abaixo então, segue o belo texto da Fabiana:

"A psicopedagogia é uma área de estudo e atuação relacionada à aprendizagem, tem como objetivo prevenir, diagnosticar e intervir junto à criança que apresenta dificuldades de aprendizagem.

Devido ao nascimento prematuro do bebê, torna-se necessário que alguns procedimentos sejam realizados pela equipe médica aumentando às chances de sobrevivência desse recém-nascido, no entanto, a prematuridade relacionada ao tempo de internação em uma UTI-neo, intercorrências durante a gestação e após o parto poderão gerar sequelas no desenvolvimento cognitivo, motor, emocional e social da criança.

Normalmente as dificuldades específicas da aprendizagem estão presentes desde o nascimento, porém só são percebidas na fase escolar, pois é nesse momento que a criança deverá apresentar habilidades motoras, neurológicas e sociais para apreender e utilizar a aprendizagem em contextos sociais e educacionais.

Durante o processo diagnóstico, o psicopedagogo, investiga como a criança aprende, como se relaciona socialmente e quais os fatores que possam estar interferindo no processo de aprendizagem e uso dessa aprendizagem no ambiente escolar, familiar e social.

O acompanhamento multidisciplinar para prevenir, diagnosticar e intervir precocemente nos problemas que colocam em risco o desenvolvimento integral do prematuro é importantíssimo.

A psicopedagogia atua como coparticipante neste acompanhamento priorizando o desenvolvimento completo da criança prematura e não apenas intervindo em determinadas dificuldades escolares."

Fabiane Caritá Takekawa, mãe prematura e pós-graduada em Psicopedagogia.

Fale com a Fabiana: [email protected]


  • TAGS

Tem um bebê
prematuro?

Preencha nossos cadastro e ajude
a direcionar as ações da nossa ONG

Cadastre-se