• Parceiros oficiais:
  • Efcni
  • March of Dimes
Arraste para navegar

A gravidez depois de um bebê prematuro

28/03/2013


Ter tido um bebê prematuro aumenta as chances de um novo parto prematuro, fato. Mas isso não é regra: existem muitas mães prematuras que acabam dando a luz ao seu segundo bebê no tempo regular (entre 37 semanas e 42 semanas).

O grau de prematuridade do bebê que nasceu precocemente influencia muito numa segunda gravidez. Há uma maior chance de um novo parto prematuro se seu filho tiver nascido entre 20 e 31 semanas. O risco é menor se o seu bebê anterior tiver nascido entre 32 semanas e 36 semanas de gestação.

É natural que você esteja preocupada em ter outro parto prematuro. Porém, a vantagem desta vez é que, uma vez já tendo passado por isso, você estará atenta a qualquer sinal e vai monitorar muito bem uma próxima gravidez.

O que fazer para reduzir a chance de um novo parto prematuro?

Ninguém sabe ao certo o que leva uma mulher ter um bebê antes das 37 semanas de gestação. Existem, porém, fatores de risco conhecidos e já ter tido um bebê prematuro é um fator de risco que, infelizmente, é imutável. Mas então, o que pode ser feito?

Gravidez logo após ter um bebê
O que você pode fazer: Antes de engravidar novamente, espere pelo menos 18 meses entre o parto e ficar a nova gestação. Isso dá ao seu corpo tempo para se recuperar. Consulte seu médico assim que começar a pensar em engravidar novamente.

Diabetes ou pressão alta
O que você pode fazer: Consulte seu médico antes de engravidar novamente e pergunte sobre tratamentos disponíveis para suas condições de saúde.

Infecção na gestação
O que você pode fazer: Lave bem as mãos com água e sabão depois de usar o banheiro ou assoar o nariz. Ligue para seu médico se você se sentir ardência quando for ao banheiro. Uma vez grávida, use preservativo para evitar adquirir uma doença sexualmente transmissível, como HIV ou herpes.

Peso abaixo ou acima do ideal
O que você pode fazer: Fale com o seu médico sobre como obter  um peso saudável. Mantenha um estilo de vida saudável: coma alimentos saudáveis ​​e faça atividade física orientada. Isso definitivamente ajuda a manter o bebê com segurança dentro de você o maior tempo possível. E quando você engravidar, converse com seu médico sobre o ganho de peso ideal durante a gestação.

Fumo, álcool e drogas
O que você pode fazer: Parar!!! Fique longe de situações ou lugares, como festas ou bares, onde você ter contato com esses vícios. Pergunte ao seu médico sobre programas de ajuda.

Complicações ginecológicas
O que você pode fazer: Caso seu parto prematuro tenha ocorrido em função de encurtamento do canal cervical, o médico pode optar por fazer uma cerclagem do colo do útero para garantir que o segundo bebê não nasça prematuramente.

Acompanhamento rigoroso
O que você pode fazer: Assim como você provavelmente fez na gestação anterior, agende o pré-natal assim que você souber que está grávida, e compareça a todos as consultas.

Esteja preparada!
O que você pode fazer: É importante conhecer os sinais e sintomas de um parto prematuro. Seja precavida e deixe a malinha da maternidade (a sua e a do bebê) semi-pronta para qualquer emergência. Carregue sempre consigo os contatos do seu médico e do hospital. E ligue para eles imediatamente em caso de qualquer dúvida!

Livre tradução e adaptação de BabyCentre.co.uk e MarchofDimes.com

Tem um prematurinho e pensa em engravidar novamente? Teve um bebê prematuro e o segundo nasceu a termo? Tire suas dúvidas e conte-nos sobre a sua experiência, participando do nosso Fórum | Grávida depois de um prematuro.

 


  • TAGS

Tem um bebê
prematuro?

Preencha nossos cadastro e ajude
a direcionar as ações da nossa ONG

Cadastre-se