• Parceiros oficiais:
  • Efcni
  • March of Dimes
Arraste para navegar

Método Mãe Canguru salva vida de prematuros


     O método Mãe Canguru está salvando a vida de bebês prematuros na cidade de Tabasco, no México. Lá são registrados 300 novos casos de nascimentos prematuros a cada ano, sendo que 90% dos bebês nasce pesando menos de 1,5kg. Eles conseguem sobreviver graças aos cuidados dispensados pela UTI Neonatal e graças ao método, que é aplicado a todos os prematuros.


     Está provado que com com o método Mãe Canguru, há melhora na taxa de batimentos cardíacos e na respiração do bebê, pois estando pele a pele, o bebê sente e ouve o ritmo cardíaco e respiratório da mãe.
     O método acelera o crescimento de bebês prematuros e diminui para menos da metade o tempo de internação dos pequenos, além de reduzir as infecções e complicações respiratórias e renais, frequentes nos prematuros.
     O contato pele a pele com a mãe e o aleitamento materno sob livre demanda favorecem um melhor desenvolvimento do bebê que nasce antes de 37 semanas de gestação, e cujo peso oscila entre 800g e 1,5kg, diz a Coordenação de Saúde Reprodutiva e Materno Infantil da Delegação de Tabasco.

     Especialistas explicam que com o método tradicional, em incubadora, o prematuro geralmente permanece internado até alcançar 2kg, ao passo que com o Método Mãe Canguru o pequeno pode ter alta com até 1,4kg, obviamente com recomendações de cuidados especiais em casa. Até mesmo os bebês nascidos a termo são beneficiados, tendo o seu tempo de internação reduzido com a utilização do Método.





Fonte: TabascoHoy.com.mx (por Arnulfo de la Cruz - 07/05/11)



  • TAGS

Tem um bebê
prematuro?

Preencha nossos cadastro e ajude
a direcionar as ações da nossa ONG

Cadastre-se