Portuguese flagEnglish flagSpanish flag
Você esta em: Página inicial | Histórias reais | Histórias reais: Natacha e Mariana Moraes
Postado por: Prematuridade.com | 23.05.2011 Prematuridade.com | Histórias reais

Histórias reais: Natacha e Mariana Moraes

     “Olá, meu nome é Nilza e tenho 54 anos.
Conheci esse blog através minha filha Natacha de 28 anos. E gostaria de compartilhar nossa história com vocês.
Natacha nasceu prematura, com 7 meses e 1.200g. Doze anos depois nasceu a minha outra filha, Mariana, também prematura e com o mesmo peso.
A minha primeira filha precisou ficar 13 dias no hospital apenas para ganhar peso. Não teve maiores complicações fora o quadro apresentado de icterícia, mas isso aparentemente era comum entre os recém nascidos, pelo menos naquela época diziam isso…
Já a Mariana, por ser meu segundo bebê prematuro, eu pensava que seria mais fácil de cuidar por já ter enfrentado a situação anteriormente, mas infelizmente não foi tão fácil: ela precisou ficar 2 meses no hospital para tratar pneumonia e infecções que impediam-na de ganhar peso, e durante este período enfrentando muitas situações complicadas de saúde diariamente. Chegou-se ao ponto dela ser batizada no hospital, por orientação dos médicos, que achavam que ela não chegaria a ir pra casa…
Mas eles estavam enganados, após os dois meses ela atingiu 1.940g, e apesar de precisar atingir 2kg para ir pra casa, os médicos deixaram ela ir com o peso um pouco abaixo, pois viram que eu me dedicaria e em casa seria um ambiente mais propício para o bebê crescer com saúde.
Nesta foto enviada, a Natacha tem 15 dias e a Mariana já está em casa bem diferente de como ela nasceu, pois não tirávamos fotos dela na UTI…só fomos tirar foto pela primeira vez quando ela pode ir para casa.



     Eu gostaria de aproveitar e perguntar para vocês, se alguém sabe de alguma explicação para as minhas duas gestações resultarem em prematuros, já cheguei a pensar que o fato de meu sangue ser O negativo e o pai O positivo, isso pudesse influenciar…será que é apenas um mito?
Mãezinhas do blog Prematuridade.com, quero dizer para todas que tenham muita força e acreditem na força de seus bebês. Hoje tenho duas filhas mulheres que são a alegria da minha vida.
Um abraço!”

     
     Nilza, mãe da Natacha e da Mariana.

Editado por Prematuridade.com - Ver Politica do site

Envie sua história

Tem uma história de prematuridade para compartilhar?
Clique aqui e envie sua história
A sua contribuição faz a diferença para quem precisa de um colinho num momento difícil!

2 Comentários para: “Histórias reais: Natacha e Mariana Moraes”

Você também poderá gostar de: Esconder

Newsletter

Cadastre-se e receba nossas novidades: